segunda-feira, 30 de abril de 2012



“O olhar da justiça nos casos de violência sexual contra a criança” - Maria Regina Fay de Azambuja. Procuradora da Justiça do Ministério Público do Rio Grande do Sul.


Dra. Maria Regina disse que a violência sexual não se trata de fato novo, muito pelo contrário.

Afirmou que em 93,18% dos casos de violência sexual, o evento ocorre no núcleo intrafamiliar.

Asseverou que a inexistência de testemunhas é um dos principais fatores que contribuem para as dificuldades do manejo na Justiça, dizendo que  As vítimas e os familiares costumam manter os eventos em segredo, por longos anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário